Meu Malvado Favorito

UM DIVERTIMENTO ONDE A LINGUAGEM DO CINEMA É TRATADA COM SERIEDADE 

Meu Malvado Favorito: animação dirigida por Chris Renaud e Pierre Coffinos

Em que tipo de produção um diretor poderia abusar dos estereótipos e clichês, indo além do razoável, sem acabar crucificado? Numa comédia de animação para crianças, é claro. Em Meu Malvado Favorito, Chris Renaud e Pierre Coffinnos nos apresentam a personagens encantadores e hilários, que vivem aventuras deliciosamente absurdas num universo criado com coerência narrativa e refinamento estético. Só adultos incuráveis resistem a tanta criatividade!
------------------------------
Um vilão do bem, garotinhas órfãs e encantadoras e um bando de... Minions, todos envolvidos em uma trama digna dos melhores espiões do cinema e usando traquitanas tecnológicas improváveis. Chamaria essa mistura de minha animação favorita, mas o nome correto é Meu Malvado Favorito, filme de 2010. Os roteiristas Cinco Paul, Ken Daurio e Sergio Pablos capricharam nas referências aos filmes de ação e adicionaram doses exageradas de envolvimento emocional. O timing cômico preciso garante diversão para a família inteira.

Gostou do meu texto? Então quero lhe fazer um convite: torne-se um apoiador da Crônica de Cinema e ajude o blog a continuar existindo. Para saber como, clique aqui.

Resenha crítica do filme Meu Malvado Favorito

Data de produção: 2010
Direção: Chris Renaud e Pierre Coffinos
Roteiro: Cinco Paul, Ken Daurio e Sergio Pablos
Elenco: Voz de Steve Carel

Comentários

Confira também:

Menina de Ouro: a história de Maggie Fitzgerald é real?

Encontro Marcado: explicando para a morte qual é o sentido da vida

Siga a Crônica de Cinema