Ray

O QUE É PRECISO PARA INTERPRETAR UM GÊNIO DA MÚSICA? SER UM BOM MÚSICO!



Ray, filme estrelado por Jamie Foxx

Poucos artistas do mundo da música ganharam uma cinebiografia tão bela e bem realizada quanto Ray Charles. No filme Ray, produção independente de 2004, escrita, dirigida e produzida por Taylor Hackford, a carreira do músico é dramatizada com notável sensibilidade artística e competência técnica. Quem o encarnou na tela foi o carismático Jamie Foxx, tocando piano em todas as faixas da trilha sonora. Foi assim que ganhou o Óscar de melhor ator em 2005.

------------------------------

Quando termina o filme Ray, só pensamos em continuar ouvindo os sucessos de Ray Charles. Então, aos poucos, vamos nos dando conta de que assistimos a um dos melhores filmes do gênero musical. Em primeiro lugar, os méritos são do diretor Taylor Hackford, que lutou anos para financiar seu projeto, já que todos os estúdios se recusaram a fazê-lo. Depois, quem merece os aplausos é Jamie Foxx, que além de ator carismático é um exímio pianista e executou ele mesmo todas as músicas durante as gravações. Finalmente, os méritos vão para o próprio Ray Charles, um gênio da música que viveu uma vida atribulada, aqui muito bem dramatiza num roteiro repleto de cenas empolgantes. Eis aqui um filme com produção musical de qualidade, para ser revisitado periodicamente. 



Fabio Belik é autor do livro Ventania

Um romance com sotaque de cinema. Em 278 páginas narra a história de Daniel, um garoto de 9 anos que em 1969 se vê às voltas com o abandono, vivendo momentos de amadurecimento e superação. À venda no Clube de Autores.


Filme: Ray


Data de produção: 2004
Direção: Taylor Hackford
Roteiro: 
Taylor Hackford
Elenco: Jamie Foxx






Comentários

Leia também: