O Homem nas Trevas: suspense e terror num filme autoral

O Homem nas Trevas: Fede Alvarez

TENSÃO E SUSPENSE QUE NASCEM DO PLENO DOMÍNIO DAS TÉCNICAS NARRATIVAS

Numa Detroit falida e vazia, três jovens assaltantes descobrem uma barbada: invadir a casa de um velho cego, que tem muito dinheiro guardado. O que eles não sabem é que ele também guarda segredos e é dono de uma fúria insana. Em O Homem nas Trevas, filme de 2016 escrito e dirigido por Fede Alvarez − o jovem prodígio uruguaio descoberto por Hollywood − a tensão crescente é de grudar na poltrona. Nessa história onde todos são bandidos, quase não dá tempo para respirar.
        O Homem nas Trevas conta como Rocky (Jane Levy), Alex (Dylan Minnette) e Money (Daniel Zovatto) descobriram um jeito de assaltar casas numa Detroit esvaziada pela crise econômica: vasculham o cadastro da empresa de segurança do pai de Alex e escolhem as melhores oportunidades para agir. Quando os três delinquentes ficam sabendo que o velho Norman Nordstrom (Stephen Lang), um ex-combatente cego que vive sozinho num bairro abandonado guarda pelo menos 300 mil dólares em casa, decidem que aquela é a chance perfeita para mudar de vida. Invadem a casa sem hesitação. De fato, o velho cego tem o dinheiro guardado no cofre – recebeu como indenização pela morte da filha, vitimada em um acidente de carro. Mas os três encontram mais do que isso: encontram um soldado feroz, habilidoso e sem limites morais que não precisa da visão para lutar. E para complicar, o velho cego guarda segredos estarrecedores.
           Não sou grande apreciador de filmes de terror, por isso relutei diante da sugestão do meu sobrinho. – Não é bem um filme de terror, tio. É mais suspense – argumentou. Decidi conferir e terminei satisfeito. O Homem nas Trevas está longe de contar uma história edificante, mas é bem realizado e tem todos os elementos do gênero: provoca sustos, surpreende e é imprevisível. Os pontos de virada se sucedem, mas o roteiro não vem com manipulações malandras. Assinado pelo diretor, em parceria com Rodo Sayagues, foi escrito para ser simples e direto, privilegiando as ações e as decisões dos personagens.
        O elenco de O Homem nas Trevas é ótimo. Stephen Lang domina as cenas, mas Jane Levy, Dylan Minnette e Daniel Zovatto conseguem dar credibilidade aos seus personagens. Nesse seu segundo filme realizado em Hollywood, o uruguaio Fede Alvarez mostrou competência para encarar o gênero terror/suspense com espírito autoral.


Fabio Belik é autor do livro Ventania

Um romance com sotaque de cinema. Em 278 páginas narra a história de Daniel, um garoto de 9 anos que em 1969 se vê às voltas com o abandono, vivendo momentos de amadurecimento e superação. À venda no Clube de Autores.


Filme: O Homem nas Trevas


Data de produção: 2016
Direção: Fede Alvarez
Roteiro: Fede Alvarez e Rodo Savagues
Elenco: Stephen Lang, Jane Levy, Dylan Minnette e Daniel Zovatto

Comentários

Leia também:

Junte-se aos seguidores da Crônica de Cinema