Cidadão Kane: por que ele é tão importante, afinal?


Cidadão Kane: filme dirigido por Orson Welles

COM ELE, HOLLYWOOD ESTABELECEU SEU PROCESSO DE FAZER FILMES

Cidadão Kane é um filme antigo, sem a velocidade e a fúria das produções modernas, mas merece ser visitado. Os críticos dizem que é o melhor filme de todos os tempos. Mas afinal, por que ele é tão importante? Foi realizado há mais de 80 anos, é todo em branco e preto, repleto de cenas lentas e demoradas e ainda por cima traz diálogos intermináveis! Por que motivo muitos críticos o consideram o melhor filme já produzido até hoje? Bem, para descobrir, é preciso assistir à obra.
Cidadão Kane conta a história de Charles Foster Kane, um milionário dono de uma cadeia de jornais – personagem construído à imagem e semelhança do magnata William Randolph Hearst. O tal cidadão Kane, vivido pelo próprio Orson Welles, foi um garoto pobre que se tornou um dos homens mais ricos do mundo. Quando chega ao final da vida, sua morte passa a ocupar as manchetes dos jornais. Jerry Thompson, interpretado por William Alland é o jornalista encarregado de desvendar a vida do magnata e passa a entrevistar todos os que o conheceram. Aos poucos vai desenhando um retrato preciso de Kane, descobrindo detalhes sobre sua personalidade e sua intimidade.
        Orson Welles tinha apenas 24 anos quando o dirigiu. Recebeu carta branca para ousar depois do estrondoso resultado da sua transmissão radiofônica de A Guerra dos Mundos. Assinou o roteiro junto com Herman Mankiewicz e criou uma história que até hoje funciona muito bem. Costurou uma narrativa não linear, repleta de flashbacks pertinentes e coerentes. No set de filmagem foi meticuloso, ensaiando as cenas e ajustando o roteiro. Usou a maquiagem como recurso dramático. Extraiu do diretor de fotografia Gregg Toland um visual deslumbrante, onde luz, sombra e planos ousados ajudaram a contar sua história. Deu a Bernard Herrmann, a liberdade para compor a trilha sonora de forma independente para as diferentes cenas. 
        Ou seja: filmou de um jeito inovador, desenvolvendo um processo de trabalho que acabou se tornando padrão em Hollywood. Sua influência pode ser vista em filmes de todos os grandes cineastas: Coppola, Kubrick, Scorcese, Spielberg... Assistir a Cidadão Kane é como se debruçar em um grande clássico da literatura. É um filme para ser apreciado com respeito e reverência.
        Recentemente, em 2020, David Fincher realizou o filme Mank, que conta a história de como o roteirista Herman Mankiewicz se envolveu na criação do roteiro de Cidadão Kane. O diretor também mostra a movimentação nos bastidores desse clássico e a repercussão entre as celebridades que menciona. Também vale a pena conferir.

Filme: Cidadão Kane

Data de produção: 1941
Direção: Orson Welles
Roteiro: Orson Welles e Herman Mankievwicz
Elenco: 
Orson Welles, Joseph Cotten, Dorothy Comingore e Everett Sloane

Comentários

Leia também:

Siga a Crônica de Cinema