O Homem Elefante

UM GRANDE FILME NÃO BUSCA LÁGRIMAS, DEIXA FLUIR A EMOÇÃO VERDADEIRA


O Homem Elefante: filme dirigido potr David Lynch

Na vida real, Joseph Merrik sofreu as dores físicas e emocionais de uma triste doença, que o transformou na atração de um show de horrores. No cinema, rebatizado como John Merrik, mereceu o tratamento respeitoso e sensível de um grande diretor. O Homem Elefante, de 1980, foi o segundo longa de David Lynch, com roteiro dele, Christopher De Vore e Eric Bergren. Foi interpretado por John Hurt, que contracenou com Anthony Hopkins e Anne Bancroft. Sucesso absoluto!
------------------------------
No início dos anos 80, O Homem Elefante surgiu como um estrondo. A triste história do homem que viveu no final do século XIX e cujas deformidades o relegaram à margem da humanidade, foi tratada com sensibilidade por David Lynch. A fotografia em branco e preto, a inventividade surreal e o primoroso tratamento musical de John Morris resultaram numa abordagem emocional e ao mesmo tempo... artística! Não há como não se comover com as atuações de John Hurt, Anthony Hopkins e Anne Bancroft. Indicado para oito óscares, saiu da festa sem nenhum, para ser lembrado como um dos melhores filmes daquela década. A cena final, ao som de Adagio for Strings, de Samuel Barber, é de cortar qualquer coração – foi o primeiro filme a usar essa peça musical, despois apresentada em Óleo de Lorenzo e Platoon.


Dica de Filme
O Homem Elefante


Data de produção: 1980
Direção: David Lynch
Roteiro: David Lynch, Christopher De Vore e Eric Bergren
Elenco: John Hurt, Anthony Hopkins e Anne Bancroft

Comentários

Leia também: