Capitão Phillips: um drama real de tirar o fôlego

Capitão Phillips: filme dirigido por Paul Greeengrass

UMA HISTÓRIA REAL CARREGADA NA DRAMATIZAÇÃO,  COM ATUAÇÕES ESTUPENDAS

Dois homens em conflito, agarrados a valores opostos e munidos com aparatos culturais desiguais, levam seus atos às últimas consequências. É o que acompanhamos no filme Capitão Phillips, de 2013, onde a câmera nervosa do diretor Paul Greengrass aponta sempre na direção da ação e do suspense, criando tensão em ritmo ágil. É de tirar o fôlego!
        O filme conta a história real passada em 2009, quando o cargueiro comandado pelo protagonista, o Maersk Alabama, é invadido por piratas ao passar pela costa da Somália. Quatro bandidos somalis, franzinos e fortemente armados, liderados pelo assustadoramente cínico Muse, tentam render a tripulação. O capitão Phillips se desdobra para evitar mortes, mas esbarra na tenacidade e determinação de Muse, disposto a tudo para conseguir dinheiro.
        O roteiro do experiente Billy Ray foi adaptado do livro de memórias de Richard Phillips, escrito em colaboração com Stephan Talty, intitulado A Captain's Duty: Somali Pirates, Navy SEALs, and Dangerous Days at Sea. Mantendo o foco no sentido de urgência, o roteiro evita discussões paralelas. O importante aqui é que o cargueiro está sendo invadido por piratas somalis que não têm absolutamente nada a perder!
        O diretor Paul Greengrass impôs seu estilo em filmes eletrizantes, onde a câmera trêmula faz de conta que está a serviço de um documentário jornalístico. Em Capitão Phillips, mais uma vez ele abusa da luz natural, da edição de som precisa e realista e da sucessão frenética de imagens editadas com precisão. É assim que consegue nos transportar para o centro da ação.
        O filme não entra no mérito político do episódio, nem discute desdobramentos morais ou ideológicos. Até mesmo a veracidade de todas as ações e reações da tripulação – e do próprio Phillips – foi objeto de polêmicas. Em se tratando de um thriller, é previsível encontrar excessos de dramatização aqui e ali. Mas em Capitão Phillips somos brindados com um verdadeiro show de interpretação de Tom Hanks e Barkhad Abdi. Palmas para eles!


Fabio Belik é autor do livro Ventania

Um romance com sotaque de cinema. Em 278 páginas narra a história de Daniel, um garoto de 9 anos que em 1969 se vê às voltas com o abandono, vivendo momentos de amadurecimento e superação. À venda no Clube de Autores.




Filme: Capitão Phillips

Data de produção: 2013
Direção: Paul Greengrass
Roteiro: Billy Ray
Elenco: 
Tom Hanks, Barkhad Abdi, Catherine Keener, Barkhad Abdirahman, Faysal Ahmed, Mahat M. Ali, Michael Chernus, David Warshofsky e Corey Johnson

Comentários

Leia também:

Junte-se aos seguidores da Crônica de Cinema