Chinatown


Chinatown: filme dirigido por Roman Polansky


Oportunidades para que os atores exibam seu talento, para que os diretores exercitem a sensibilidade e para que o público se surpreenda. A força do roteiro é a base para os melhores filmes.
------------------------------
            Na Los Angeles dos anos 30 há detetives especializados em traições conjugais. J.J Gittes é um deles, mas o caso que investiga não é nada banal. Poder, dinheiro, assassinatos... Tudo vai ficando complicado nesse filme noir, na medida em que Roman Polanski e seu roteirista, o vencedor do Óscar Robert Towne, vão conduzindo o espectador por um emaranhado de intrigas, numa trama policial recheada com densas doses de drama psicológico.
            Jack Nicholson e Faye Dunaway saíram do filme consagrados como grandes estrelas de Hollywood. Polanski saiu dos Estados Unidos e não voltou mais. Quanto ao espectador, ah, esse sai do cinema empolgado por ter assistido a algumas das cenas mais bem elaboradas do cinema.
            Jack Nicholson bem que tentou repetir a dose. Ele mesmo dirigiu uma sequência com roteiro do próprio Robert Towne. Intitulado A Chave do Enigma, o filme de 1990 ficou longe de alcançar o mesmo reconhecimento junto ao grande público.
            Chinatown, realizado em 1974 por Roman Polanski, há muito deixou de ser apenas um filme. Virou uma espécie de patrimônio cultural. Se você estiver sentindo falta de degustar cinema de verdade, fica aqui a minha recomendação.

Comentários

Leia também: