Gladiador

UMA COISA É FATO: O QUE TEMOS AQUI É UMA GRANDE HISTÓRIA BEM CONTADA!

Gladiador: filme dirigido por Ridley Scott

Filmes de gladiadores eram parte de um filão bastante explorado nos anos 60 e 70. Além de incontáveis filmes B exibidos na TV, tivemos Ben-Hur de Willian Wyler e Spartacus, do Stanley Kubrick, que serviu de modelo para Gladiador, filme de 2000 dirigido por Ridley Scott. Levou cinco Óscares, entre eles o de melhor filme, melhor ator para Russel Crowe e melhores efeitos visuais. Não foi à toa. O Coliseu e a própria Roma nunca ficaram tão imponentes no cinema!
------------------------------
Os anglo-saxões sabem muito bem a diferença entre “history” e “story”. Já para nós, falantes do português, a norma culta manda usar apenas a palavra história, tanto para se referir a uma peça de ficção como aos fatos históricos. No filme Gladiador, esta mistura cai perfeita! Personagens inventados convivem com acontecimentos reais e criam um caldo denso, ótimo para entreter. Somos levados a torcer por um general honrado, transformado em escravo, contra um imperador capaz de matar o próprio pai – e quem mais cruzar na frente do seu ego. Os roteiristas pesquisaram bastante, mas também se deliciaram com as licenças poéticas que puderam inventar. Já nós, os espectadores, desfrutamos de uma grande história, que nos chega contada como se fosse... história!

Dica de Filme
Gladiador

Data de produção: 2000
Direção: Ridley Scorr
Roteiro: David Franzoni, John Logan e William Nicholson
Elenco: Russel Crowe e Joaquin Phoenix

Comentários

Leia também: