Todo o Dinheiro do Mundo

A MÍDIA MOSTROU OS FATOS, MAS É NO CINEMA QUE OS SENTIMOS NA PELE


Todo o Dinheiro do Mundo: filme dirigido por Ridley Scott

Dramatizar uma história real exige mais do que investigar os fatos e apresentá-los da forma como aconteceram. É preciso capturar o que ficou impresso no imaginário do público, reforçar os contornos mais importantes e surpreender nas minúcias e nos detalhes. Ridley Scott fez tudo isso em Todo o Dinheiro do Mundo, e ainda teve que lidar com os bastidores agitados da sua produção. David Scarpa, roteirista experiente conseguiu encontrar o rumo dos seus personagens.
-----------------------------
Certa vez li a entrevista de um grande diretor – não lembro qual – que foi perguntado sobre em que pé estava o seu próximo filme. – Está pronto – respondeu, para depois emendar: – Agora só falta filmar! Todo o Dinheiro do Mundo, filme de 2017 dirigido por Ridley Scott é assim, um filme bem resolvido, que não recebeu a atenção merecida por causa de percalços durante as filmagens. Depois do escândalo envolvendo o ator Kevin Spacey, o diretor precisou convocar Christopher Plummer para filmar novamente as cenas do seu personagem. Plummer fez um grande trabalho ao lado de Michelle Williams e Mark Wahlberg. Quem conhece a famosa história do sequestro de John Paul Getty III vai compreendê-la. Quem não conhece, aproveite!


Comentários

Leia também: